LiveZilla Live Help
Semipresencial
Acesso do Aluno Início
GRADUAÇÃO (47) 3025-5077
PÓS-GRADUAÇÃO (47) 3025-5077
WHATSAPP (47) 99943-0498

Notícias

Crianças de CEI encenam peça baseada em livro de aluna de Pedagogia da Aupex

Crianças de CEI encenam peça baseada em livro de aluna de Pedagogia da Aupex
04/06/2014

O livro de contação de histórias “Árvores que cantam” da acadêmica de Pedagogia do primeiro semestre da Aupex/Uniasselvi, Andrea Forster, vai ganhar vida nesta quinta-feira, cinco de junho. É que os alunos do CEI Sigelfrid Poffo, onde ela trabalha, vão encenar uma peça baseada no livro da autora. A história que tem como enredo a preservação das árvores será justamente encenada no Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado neste dia. As apresentações acontecem às 9h30 e às 15h30 no CEI localizado no bairro Vila Nova e contemplarão a doação de árvores frutíferas para as crianças.


Para fazer o cenário, a acadêmica conta que foi utilizado todos os tipos de materiais recicláveis para a tornar a peça de teatro biosustentável. “É uma história curta, mas que deixa uma mensagem muito importante aos pequenos: cuidarmos do meio ambiente”, salienta. Esse é o segundo livro infantil publicado por ela. O primeiro livro ilustrativo de Andrea, “O Macaco Mentiroso e o Tatu”, foi publicado em 29 de setembro do ano passado, também, pela editora Dialogar, de Joinville/SC. 


Andrea é cozinheira do CEI há um ano e se matriculou na Aupex para realizar o sonho de se tornar pedagoga. “Sempre gostei de contar histórias e fiz o curso de Libras (Língua Brasileira de Sinais para me aprimorar ainda mais. Vejo que na Pedagogia poderei desenvolver melhor esse meu lado e poderei atuar com crianças, que tanto gosto”, reforça a servidora pública. Andrea é casada há 14 anos e não tem filhos biológicos, mas revela que adotou os netos do seu esposo como seus próprios. “Adoro meus netos postiços e, em geral, todas as crianças. Sou muito contente por ser rodeada delas no meu local de trabalho”.

A futura pedagoga afirma que não vai parar de escrever histórias infantis. “Sempre quis escrever livros e cada publicação que eu conseguir, vai me tornar cada vez mais realizada”, destaca. 

Comentários

Deixe seu Comentário


Voltar