LiveZilla Live Help
Semipresencial
Acesso do Aluno Início
GRADUAÇÃO (47) 3025-5077
PÓS-GRADUAÇÃO (47) 3025-5077
WHATSAPP (47) 99943-0498

Notícias

Inspirado por professora da Aupex, Marcelo, deficiente visual, escolheu Serviço Social

Inspirado por professora da Aupex, Marcelo, deficiente visual, escolheu Serviço Social
24/05/2018

Há oito anos a retinose pigmentar começou a afetar a visão de Marcelo Abel dos Santos a ponto de mudar totalmente sua vida. Marcelo perdeu praticamente 80% de sua visão o que lhe caracteriza como baixa visão, e percebeu que precisaria aprender a se adaptar a nova vida para enfrentá-la com menos dificuldades. Ele passou a frequentar o Sesi para aprender Braille e Informática para deficientes visuais, voltou a estudar pelo modo de Educação de Jovens e Adultos (EJA) para terminar o Ensino Médio pois teve de abandonar os estudos aos 12 anos para trabalhar, e passou a frequentar a AJIDEVI – Associação Joinvilense para Integração dos Deficientes Visuais para aprender a mobilidade e a se socializar com pessoas cuja deficiência era a mesma que a dele: a baixa visão. O serviço é referência em integração também aos cegos na cidade. 

Na AJIDEVI, Marcelo conheceu a assistente social do serviço Fabiana Salomão Mazzi, formada na Aupex/Uniasselvi, que hoje se tornou uma das tutoras do curso de Serviço Social da instituição. Ele conta que ao conhecer Fabiana começou a perceber a importância da profissão de assistente social em direcionar e esclarecer as pessoas a efetivarem seus direitos. “A Fabiana é uma excelente profissional que me motivou a pensar na profissão através de sua conduta. Além disso, percebi que ao me tornar um assistente social eu poderia ajudar as pessoas com deficiência e em situação de vulnerabilidade”, reforça. 

Neste ano, Marcelo se matriculou no curso de Serviço Social da Aupex/Uniasselvi, dando início ao sonho de conquistar sua graduação e atuar em uma profissão em que ele acredita que vai mudar a sua vida e a da população. “A doença que me tirou quase toda a visão por um lado me levou a mudar toda minha vida. A partir disso, fui buscar os estudos que tive de abandonar e em quatro anos terei o ensino superior”, destaca. 

O aluno aponta que já passou por muitas dificuldades em função da baixa visão em função da acessibilidade e do preconceito, inclusive no local de trabalho. Marcelo. Como era concursado público da Prefeitura de Joinville como vigilante, ele conta que os médicos queriam afastá-lo da função, mas ele não concordou. “Eu sou uma pessoa que gosto de trabalhar e ser útil e não ia aceitar o afastamento até que me aposentassem por invalidez. O problema era que não tinham para onde me mandar. Foi um grande período tentando arranjar uma solução”, lembra. 

Como Marcelo tinha se qualificado para trabalhar em algo acessível à condição de baixa visão ele conseguiu transferência para o CEPAT – Centro Público de Atendimento ao Trabalhador. Depois de ter os equipamentos de trabalho adaptados, o acadêmico começou a atuar com o atendimento ao público e está na função até hoje. “Tem sido uma grande experiência trabalhar com esse público. Até penso em fazer meu estágio de Serviço Social neste local para poder aplicar e desenvolver um projeto diante das demandas que vejo”, adianta.

Para o futuro assistente social há muito que fazer para as pessoas com deficiências. “Há muitos projetos e obras que são feitas justamente para deficientes e os projetistas e responsáveis não os consultam”, analisa. “ Além disso falta oportunizar empregos para deficientes pois muitas empresas precisam atender a legislação de cotas porém não oferecem o mínimo de acessibilidade ou equipamentos  e treinamentos necessários a esse público”, critica. 
 

Quer saber mais sobre o curso de Serviço Social da Aupex?

A graduação em Serviço Social é semipresencial com aulas presenciais uma vez por semana ministrada por um experiente profissional da área, o tutor que acompanhará o aluno durante os quatro anos de curso. O aluno recebe material didático do curso (apostilas) excelente e atualizado que já está incluso na mensalidade. No curso da Aupex/Uniasselvi há outras formas de suporte com tutor online, pelo 0800 e acesso ao AVA para estudos e realização de atividades.

Ao fazer esta faculdade o profissional se torna apto para trabalhar como assistente social na gestão e no planejamento de programas, projetos sociais, em equipamentos públicos e privados da Assistência Social, em ONGs, em empresas privadas, através de contratação direta, de assessoria ou consultoria. Há anos os cursos a distância se tornaram a modalidade de ensino que mais crescem no país.

Saiba mais em http://aupex.com.br/graduacao-servico-social-386

 

Comentários

Deixe seu Comentário


Voltar