LiveZilla Live Help
Semipresencial
Acesso do Aluno Início
GRADUAÇÃO (47) 3025-5077
PÓS-GRADUAÇÃO (47) 3025-5077

Notícias

Seleção de estagiários para o Judiciário de Santa Catarina. Veja Edital

Seleção de estagiários para o Judiciário de Santa Catarina. Veja Edital
05/09/2017

EDITAL - SELEÇÃO DE ESTAGIÁRIOS - CIÊNCIAS CONTÁBEIS, CIÊNCIAS ECONÔMICAS E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

A Direção do Foro da Seção Judiciária de Santa Catarina torna pública a realização de processo de seleção de estagiários dos cursos de CIÊNCIAS CONTÁBEIS, CIÊNCIAS ECONÔMICAS e TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, em cumprimento à Resolução nº. 208, de 04 de outubro de 2012, do Conselho da Justiça Federal, à Instrução Normativa nº 34, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região e ao resultado dos trabalhos da comissão instituída pela Portaria nº. 1953, de 16 de
dezembro de 2016, da Direção do Foro da Seção Judiciária de Santa Catarina, de acordo com as seguintes condições:


1. Cronograma de Atividades:
Período de inscrições Das 13 h do dia 04/09/2017 às 18 h do dia 22/09/2017
Divulgação da homologação das inscrições: Até o dia 03/10/2017
Locais das provas : A serem informados no site do CIEE e da SJSC a partir de 03/10/2017
Aplicação das provas: Dia 08/10/2017 – das 9h às 11h30
Publicação do resultado e da classificação final: Até o dia 23/10/2017
Data estimada para início do estágio: A partir de 30/10/2017


1.1. As datas constantes no cronograma de atividades poderão ser modificadas mediante prévio aviso, por meio de Edital, divulgado pelo Centro de Integração Empresa Escola do Estado de Santa Catarina - CIEE nas instituições de ensino conveniadas bem como na Internet, no endereço eletrônico da Justiça Federal (www.jfsc.jus.br – CONCURSOS E ESTÁGIOS – Estágios).


2. Disposições Gerais:
2.1. Locais de estágio: Subseções Judiciárias de Blumenau, Chapecó,Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joinville e Laguna.
2.2. Número de vagas: Cadastro de reserva para preenchimento dasvagas que surgirem durante a vigência deste processo seletivo, respeitando os seguintes limitadores:

Cursos/ Subseção Judiciária/ Limite máximo de candidatos aprovados
Ciências Contábeis/ Florianópolis/ 10
Tecnologia da Informação: Blumenau/ 10
                                        Chapecó 5
                                        Criciúma 5
                                        Florianópolis 25
                                        Itajaí 5
                                        Joinville 5
                                        Laguna 5
Ciências Econômicas e/ou Ciências Contábeis/ Chapecó 5

2 . 3 . Requisito: os candidatos devem ser alunos regularmente matriculados nos cursos de Ciências Contábeis, Ciências Econômicas e Tecnologia da Informação, frequentando a partir do 2º período/fase/semestre.
2.3.1. O estudante deverá ter concluído, até o momento da inscrição, no mínimo, 10% (dez por cento) e, no máximo, 75% (setenta e cinco por cento) dos créditos disciplinares do curso superior, independente do semestre em que esteja formalmente matriculado.
2. 4. Principais atividades a serem desempenhadas, além daquelas correlatas à pretendida formação profissional em complementação ao conhecimento teórico adquirido na Instituição de Ensino:


CIÊNCIAS CONTÁBEIS (FLORIANÓPOLIS): Auxiliar no recebimento, registro, arquivo e distribuição e envio de documentos; auxiliar no protocolo de documentos; auxiliar no atendimento pessoal e telefônico ao público interno eexterno; digitalizar e conferir documentos; administrar planilhas em Excel; auxiliar nas rotinas administrativas, auxiliar na conferência de pagamentos.
CIÊNCIAS CONTÁBEIS E/OU ECONÔMICAS (CHAPECÓ): Interpretar textos/decisões dos processos judiciais; buscar e selecionar elementos de cálculo; formatar cálculo judicial.
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO: Realizar atendimento local ou remoto em ambiente Microsoft, executando, inclusive, configuração e instalação de softwares específicos nos equipamentos; instalar, configurar, customizar sistema operacional, aplicativos e periféricos; preparar imagens de sistemas operacionais, utilizando ferramentas para esse fim; atualizar manuais e base de conhecimento com
casos solucionados e elaborar roteiros para instalação de software nas estações de trabalho; realizar testes para homologação de equipamentos e componentes em processo de aquisição, conforme os padrões e políticas de segurança; realizar instalação, montagem, operação, reparo (software) ou manutenção básica de computadores e/ou impressoras; configurar redes de dados; montar e operar
equipamentos de videoconferência.
2.5. Jornada de estágio: 20 horas semanais, no período vespertino.
2.5.1. O estagiário terá direito ao descanso remunerado de 30 (trinta) dias, a cada ano do contrato, sem prejuízo do pagamento da bolsa, a ser usufruído no período de 16 de dezembro a 14 de janeiro.
2.6. Bolsa de estágio: R$ 1.091,75 (hum mil, noventa e um reais e setenta e cinco centavos) para os cursos da área de Tecnologia da Informação e R$ 833,00 (oitocentos e trinta e três reais) mensais para os demais cursos, a título de auxílio financeiro, e R$ 8,13 (oito reais e treze centavos) por dia trabalhado a título de auxílio-transporte, para todos os cursos.
2.7. Duração do estágio: 02 anos ou a data de conclusão do curso.
2.7.1. Duração do estágio para pessoas com deficiência: pode ser prorrogado após o limite de 2 anos e até a data de conclusão do curso, a critério de ambas as partes - estagiário e unidade concedente do estágio.
2.8. Os estudantes selecionados para o estágio deverão encaminhar, previamente ao ingresso, a seguinte documentação:
2.8.1. comprovante de endereço;
2.8.2. comprovante de matrícula;
2.8.3. certidão negativa de antecedentes criminais expedida pelo Foro da Justiça Federal e pela Justiça Estadual (apenas para candidatos de 18 anos ou mais).
2.9. As Subseções Judiciárias que contam com editais de seleção de estagiários em vigor na data da publicação deste Edital somente utilizarão o cadastro de reserva da presente seleção após o vencimento daqueles processos seletivos ou quando neles esgotada a lista de estudantes classificados.
3. Reserva de vagas:
3.1. Do total de vagas de estágio do quadro da Seção Judiciária de Santa Catarina serão reservadas:
3.1.1. 10% para as pessoas com deficiência, cuja ocupação considerará as competências e necessidades especiais do estagiário e as atividades e necessidades próprias das unidades.
3.1.2. 20% para os candidatos negros que declararem tal condição no momento da inscrição.
3.2. Na hipótese de quantitativo fracionado para o número de vagas reservadas às pessoas com deficiência e a candidatos negros, esse será aumentado para o primeiro número inteiro subsequente, em caso de fração igual ou maior que 0,5 (cinco décimos), ou diminuído para número inteiro imediatamente inferior, em caso de fração menor que 0,5 (cinco décimos).
3.3. Para efeitos de reserva de vaga, consideram-se candidatos negros aqueles que se autodeclararem pretos ou pardos, no ato da inscrição, conforme o quesito cor ou raça utilizado pela Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
3.4. Presumir-se-ão verdadeiras as informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição do certame, sem prejuízo da apuração das responsabilidades administrativa, civil e penal na hipótese de constatação de declaração falsa.
3.5. Comprovando-se falsa a declaração, o candidato será eliminado da seleção e, se houver sido contratado, ficará sujeito à anulação da sua contratação, após procedimento administrativo em que lhe sejam assegurados o contraditório e a ampla defesa, sem prejuízo de outras sanções cabíveis.
3.6. Os candidatos negros e deficientes concorrerão concomitantemente às vagas a eles reservadas e às vagas destinadas à ampla concorrência, de acordo com a sua classificação na seleção.
3.7. Os candidatos negros poderão, ainda, optar por concorrer às vagas reservadas a pessoas com deficiência, se atenderem a essa condição, de acordo com a sua classificação na seleção, devendo fazer essa indicação no momento da inscrição.
3.8. O candidato selecionado em vaga para pessoa com deficiência deverá apresentar antes do ingresso, além dos documentos mencionados no item 2.8, o laudo circunstanciado que ateste a espécie e o grau de deficiência, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID), expedido no prazo máximo de 12 meses antes do ingresso.
3.8.1. A compatibilidade da deficiência com a atividade relacionada à vaga oferecida, a lotação e a adaptação ao trabalho de pessoa com deficiência serão avaliadas e acompanhadas por equipe multidisciplinar constituída para este fim.
3.8.2. A comissão multidisciplinar, mencionada no item 3.8.1, ou o supervisor de estágio, poderá solicitar, a qualquer tempo, a avaliação pericial do candidato.
3.8.3. Nas situações em que a área médica ou a equipe multidisciplinar concluir que o grau de deficiência do estagiário é flagrantemente
incompatível com as atribuições da vaga de estágio oferecida, o mesmo será desligado ou reaproveitado em vaga que se considere compatível.
3.9. O estudante com deficiência terá atribuições e responsabilidades compatíveis com sua condição.
3.10. Os estudantes de escola especial cumprirão carga horária acordada com a instituição de ensino, observando-se o limite máximo de 20 horas semanais.
3.11. Na hipótese de não haver candidatos negros e/ou com deficiência aprovados em número suficiente para que sejam ocupadas as vagas reservadas, as vagas remanescentes serão revertidas para a ampla concorrência e serão preenchidas pelos demais candidatos aprovados, observada a ordem de classificação na seleção.
3.12. A nomeação dos candidatos aprovados respeitará o critério de proporcionalidade, que considera a relação entre o número total de vagas reservadas a candidatos com deficiência e a candidatos negros.
3.13. Até o alcance dos percentuais previstos no item 3.1, as vagas destinadas à reserva serão privilegiadas, sem prejuízo do preenchimento das vagas destinadas à ampla concorrência.
4. Inscrições:
4.1. Serão realizadas nas sedes do Centro de Integração Empresa Escola – CIEE, nos endereços constantes do ANEXO II, no período de 04 a 22 de setembro de 2017.
4.2. Serão exigidos os seguintes documentos para efetivação das inscrições:
4.2.1. cadastro no CIEE;
4.2.2. documento oficial emitido pela Instituição de Ensino que comprove o índice de aproveitamento do estudante e o percentual de créditos disciplinares já concluídos;
4.2.3. cópia da Carteira de Identidade;
4.2.4. cópia do CPF.
4.3. O candidato que necessitar de atendimento especial para a realização das provas deverá declará-lo no momento da inscrição, para que sejam tomadas as providências cabíveis com antecedência.
4.4. Na hipótese de o candidato declarar-se negro, deverá apresentar a autodeclaração, cujo modelo encontra-se no ANEXO III deste Edital.
4.5. Na hipótese de o candidato cumprir o critério social de desempate previsto no item 5.11.1., deverá apresentar comprovante, conforme o caso, de ser cotista de instituição pública ou beneficiário de algum programa social ou bolsista em instituição privada.
4.6. A homologação das inscrições será divulgada pelo CIEE nas instituições de ensino conveniadas bem como na Internet, no endereço eletrônico da Justiça Federal (www.jfsc.jus.br – CONCURSOS E ESTÁGIOS – Estágios) até a data prevista no cronograma.
5. Seleção:
5.1. O processo seletivo constitui-se de duas etapas:
5.1.1. 1ª etapa: avaliação curricular a partir da análise do documento solicitado no item 4.2.2;
5.1.2. 2ª etapa: prova escrita.
5.2. A 1ª ETAPA consistirá na análise da média geral dos créditos disciplinares cursados, conforme item 4.2.2, em caráter eliminatório, sendo exigida a média mínima 7,5.
5.3. Caso a instituição de ensino utilize o critério de conceitos, serão considerados equivalentes os seguintes valores:
5.3.1. Notas 10 e 9 para os conceitos A e B, respectivamente;
5.3.2. Nota 7,5 para o conceito C;
5.3.3. Nota 6 para os demais conceitos.
5.4. A 2ª ETAPA consistirá na realização de prova objetiva composta por 20 questões com pontuação de 0 (zero) a 10 (dez), versando sobre conteúdos específicos relacionados a cada curso, Língua Portuguesa e Raciocínio LógicoMatemático, discriminados no ANEXO I deste Edital, na data divulgada no Cronograma de Atividades, item 1.
5.5. Não será permitido qualquer tipo de consulta.
5.6. Os candidatos deverão apresentar-se no local da prova 30 (trinta) minutos antes do início, portando documento oficial de identificação com foto atual e sua própria caneta. Não será permitido acesso ao local da prova após o horário marcado para o início da mesma. A prova terá duração de duas horas e meia.
5.7. Será automaticamente eliminado do processo seletivo o candidato que, durante a realização da prova:
5.7.1. Usar ou tentar usar meios fraudulentos ou ilegais para a sua realização;
5.7.2. Faltar com a devida urbanidade para com qualquer membro da equipe de aplicação das provas, as autoridades presentes ou os candidatos;
5.7.3. Afastar-se da sala, a qualquer tempo, sem o acompanhamento de fiscal;
5.7.4. Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos.
5.8. O resultado final deverá conter, no máximo, uma casa decimal. Aplicar-se-á a seguinte regra de arredondamento, caso necessário: o número que corresponda à segunda casa após a vírgula será eliminado e, sendo menor que 5, permanecerá inalterado o algarismo a sua esquerda; sendo maior ou igual a 5, será acrescentada uma unidade ao algarismo a sua esquerda.
5.9. A nota final, que determinará a ordem de classificação dos candidatos, resultará da média simples entre as notas obtidas nas duas etapas do processo seletivo, ou seja, média geral dos créditos disciplinares já cursados e nota da prova objetiva.
5.10. Somente serão considerados aprovados os candidatos que atingirem nota igual ou superior a 7,5, respeitando o limite estabelecido para cada subseção judiciária disposto no item 2.2.
5.11. Havendo empate entre os candidatos, serão adotados como critérios de desempate, respectivamente:
5.11.1. Critério social: ser cotista de instituição pública ou beneficiário de algum programa social ou bolsista em instituição privada; 5.11.2. Maior média geral dos créditos disciplinares cursados;
5.11.3. Maior nota na prova objetiva;
5.11.4. Maior idade.
5.12. O resultado final da seleção será divulgado pelo CIEE e na Internet, no endereço eletrônico da Justiça Federal (www.jfsc.jus.br – CONCURSOS E ESTÁGIOS – Estágios) em data prevista no Cronograma de Atividades, item 1.
5.13. A publicação do resultado final da seleção será feita em três listas, contendo a primeira a pontuação de todos os candidatos, inclusive a de pessoas com deficiência e a de candidatos negros, se aprovados; a segunda, somente a pontuação dos candidatos com deficiência; e a terceira, dos candidatos negros.
6. Recursos:
6.1. Os recursos serão aceitos até 2 (dois) dias após a publicação do resultado, conforme item 5.12., devendo ser dirigidos à Direção do Foro da Seção  Judiciária de Santa Catarina e encaminhados para o e-mail  nadh.servicosocial@jfsc.jus.br.
7. Convocação e Contratação:
7.1. A convocação dos candidatos observará rigorosamente a ordem de classificação.
7.2. Não será permitido o ingresso de candidatos que, no momento da convocação, já tenham concluído mais de 80% dos créditos do curso.
7.3. Caso não manifeste interesse, no prazo de 3 (três) dias, o candidato será considerado desistente e excluído da lista de classificação, sendo convocado o próximo colocado e assim sucessivamente.
7.4. A aprovação e a classificação neste processo seletivo geram para o candidato apenas expectativa de direito à contratação.
8. Validade:
8.1. A presente seleção de estagiários tem validade para as vagas de estágio que surgirem dentro do prazo de 1 (um) ano a contar da data de divulgação do resultado final deste concurso seletivo.
8.2. A fim de não causar prejuízos às unidades, 2 (dois) meses antes do vencimento do edital vigente será dado início a novo processo seletivo.
9. Divulgação do Edital:
9.1. O presente edital será amplamente divulgado pelo CIEE nas instituições de ensino conveniadas bem como na Internet, no endereço eletrônico da Justiça Federal (www.jfsc.jus.br – CONCURSOS E ESTÁGIOS – Estágios) e no quadro de avisos das Subseções Judiciárias.
10. Disposições Finais:
10.1. É de responsabilidade do candidato acompanhar todas as instruções, convocações e avisos relativos ao presente processo seletivo.
ANEXO I
Conteúdos da prova:
1. CIÊNCIAS CONTÁBEIS E/OU ECONÔMICAS (FLORIANÓPOLIS E CHAPECÓ)
1.1. Princípios de Contabilidade. (Resoluções CFC nºs 750/93 e 1.282/10).
1.2. Contabilidade Geral: Noções Gerais. Campo de Aplicação. Patrimônio. Plano de Contas (estrutura, função e aplicações). Método das Partidas Dobradas. A Escrituração e Lançamentos Contábeis. Operações com Mercadorias.Capital Social, Próprio e de Terceiros. Ajustes e Operações de Encerramento (Contasde Compensação, Reservas e Provisões, Depreciação, exaustão e amortização). Demonstrações Contábeis (Balancete de Verificação, Balanço Patrimonial,
Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração dos Fluxos de Caixa e Notas Explicativas).
1.3. Matemática Financeira: Regra de três simples e composta. Juros Simples e Compostos. Descontos.
1.4. Excel: noções básicas e edição de planilhas.
1.5. Índices Econômicos: indicadores, inflação (correção monetária) e juros.


2. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
2.1. Fundamentos de organização e arquitetura de computadores:
2.1.1. Componentes de um computador (hardware e software).
2.1.2. Sistemas de entrada, saída, periféricos, memória, processador, dispositivos de armazenamento.
2.1.3. Montagem e manutencao de computadores.
2.1.4. Deteccao de problemas de instalacao.
2.2. Sistemas operacionais:
2.2.1. Princípios de sistemas operacionais.
2.2.2. Aplicações de informática e microinformática.
2.2.3. Ambientes MS Windows 10 e posteriores: instalação e configurações básicas, administração de usuários, grupos, permissões, controle de acesso.
2.2.4. Monitoramento de programas e processos.
2.2.5. Conceitos de serviços de diretórios (Active Directory– AD).
2.2.6. Nocoes basicas de sistemas de arquivos.
2.2.7. Compartilhamento de recursos.
2.2.8. Instalacao e configuracao de drivers.
2.3. Software Aplicativo:
2.3.1. Instalacao, configuracao e utilizacao do Microsoft Office 2003 e posteriores.
2.3.2. Instalacao, configuracao e utilizacao do LibreOffice 4 e posteriores.
2.3.3. Instalacao e configuracao de navegadores (browsers).
2.3.4. Instalacao e configuracao de aplicacoes da Internet.
2.3.5. Utilizacao de software de suporte remoto.
2.3.6. Configuracao de dispositivos moveis (Android e iOS).
2.4. Redes de computadores:
2.4.1. Equipamentos de comunicacao de dados.
2.4.2. Redes locais.
2.4.3. Cabeamento estruturado.
2.4.4. Redes sem fio.
2.4.5. Redes locais virtuais (VLANs).
2.4.6. Protocolo TCP/IP versões 4 e 6.
2.4.7. Conceitos dos principais serviços de rede: DNS; DHCP; HTTP e HTTPS; SMTP.
2.5. Segurança da Informação:
2.5.1. Conceitos de backup e recuperação de dados; tipos e meios de armazenamento.
2.5.2. Antivírus.
2.5.3. Conceitos básicos de criptografia e certificação digital.
2.5.4. Conceito de Assinatura Eletronica.
2.5.5. Instalacao e configuracao de software de seguranca (firewall, antivirus, anti-spam e anti-spy); VPN (Virtual Private Network).
2.6. Gestão de Infraestrutura de TI:
2.6.1. Noções de gerenciamento de serviços, incidentes e problemas.
2.6.2. Noções de central de serviços.
2.7. Raciocínio Lógico:
2.7.1. Equivalência Lógica e Negação de Proposições.
2.7.2. Equivalências - Proposições Logicamente Equivalentes.
2.7.3. Geometria Básica.
2.7.4. Raciocínio Matemático.
3. LÍNGUA PORTUGUESA
3.1. Classes gramaticais e funções sintáticas.
3.2. Concordância verbal e nominal.
3.3. Regência verbal e nominal.
3.4. Tópicos especiais sobre verbo.
3.5. Regras de pontuação.
3.6. Do artigo à crase.
3.7. Colocação pronominal.
3.8. Uso do hífen.
3.9. Acentuação.
3.10. Interpretação de texto.
4. RACIOCÍNIO LÓGICO-MATEMÁTICO
4.1. Números inteiros e racionais: operações (adição, subtração, multiplicação, divisão, potenciação); expressões numéricas; múltiplos e divisores de números naturais; problemas.
4.2. Números e grandezas proporcionais: razões; proporções; divisão
em partes proporcionais; regra de três; porcentagem e problemas.
4.3. Noções de geometria: área, volume, ângulo, trigonometria.
4.4. Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios; deduzir novas informações das relações fornecidas e avaliar as condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações.
4.5. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal, raciocínio matemático, raciocínio sequencial, orientação espacial e temporal, formação de conceitos, discriminação de elementos.
4.6 Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas.

Comentários

Deixe seu Comentário


Voltar