fbpx

Acadêmica de Pedagogia produz livro sensorial encantador

Você já ouviu falar da italiana Maria Montessori (1870 – 1952)? Médica psiquiatra, pedagoga, pesquisadora, Montessori revolucionou o ensino na educação infantil. Mesmo enfrentando o preconceito da sociedade por viver em uma época onde mulheres não tinham direito a estudar, ela decidiu trabalhar na área da psiquiatria. Em visitas a asilos, percebeu o tratamento desumano dado às crianças e passou a criar materiais que, mais tarde, fariam parte de seu método e deram excelentes resultados. 

Inspirada no “Método Montessori”, a acadêmica de Licenciatura em Pedagogia Graziela Costa Boing confeccionou um livro sensorial para apresentar na disciplina do curso. Conhecido como quiet book, busy book ou livro de pano,  o livro sensorial é geralmente costurado manualmente e pensado para  o desenvolvimento social da criança, além de contribuir com a coordenação motora por meio de suas páginas educativas. Pode abranger uma história, ou trabalhar temas como alfabeto, números, cores, natureza, sons, personagens, educação ambiental.

Antes de confeccionar o livro, a aluna destrinchou sobre o trabalho da pedagoga Montessori que mudou a forma de ensinar e trabalhar com as crianças. “É importante entender que as crianças passaram a ser compreendidas de forma diferente depois do aprendizado de Montessori. Com ela, começa a se ter o entendimento que as crianças não devem mais ser vistas como pequenos adultos, mas sim como seres que estão em desenvolvimento e precisam de estímulos e métodos para aprender e brincarem”, reflete.

Embora, a produção do livro tenha sido muito trabalhosa e realizada em menos de uma semana, não foi tão complexa para Graziela pelo fato de a mesma já ter sido costureira e dispor de algumas peças, tecidos e elementos que foram modelados para se adaptar a cada página. “Costuro como hobby. Portanto, esse livro exigiu criatividade e pesquisas sobre como desenvolver as melhores maneiras de estimular a criança de forma lúdica”. 

Aluna da tutora mestre Lidiane Soares, da turma PED 1750, Graziela só tem elogios à professora e ao curso. “O curso semipresencial da Aupex/Uniasselvi nos faz ser autodidatas e, consequentemente, nos motiva a ser profissionais pesquisadores. Tenho uma ótima tutora que nos incentiva na busca pelo conhecimento, além de ter muita experiência", enfatiza.

Mãe de três filhos com idades de 7, 10 e 12 anos, a acadêmica conta que é apaixonada por crianças e por este motivo escolheu a Pedagogia.  “É encantador atuar na pedagogia e participar deste processo de aprendizado que nos é proporcionado”, define. Para a tutora Lidiane, a aluna apreendeu o objetivo da disciplina e revelou que tem muita criatividade, um dos requisitos para ser uma boa pedagoga. 

O vídeo do livro da acadêmica será postado no facebook da Aupex Joinville. Link https://www.facebook.com/aupexjoinville/

 

Notícias Relacionadas

Área do Aluno

Você é aluno de qual modalidade?