fbpx

Graduada e pós-graduada da Aupex/ Uniasselvi é aprovada no mestrado da UFSC

No último dia 12 de fevereiro, Yara de Oliveira Marcomini deu um passo rumo a mais um sonho realizado na área de educação:  iniciou o mestrado em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Aprovada na sexta colocação, Yara disputou uma das 10 vagas com 70 candidatos no exame de classificação.

Formada em 2010 no curso de Licenciatura em Letras pela Aupex/Uniasselvi, neste mesmo ano a egressa foi aprovada no concurso da prefeitura municipal de São Francisco do Sul, onde reside.  Recentemente, terminou a segunda licenciatura em Pedagogia, obtendo também o título de pedagoga, e apresentou no início deste mês de fevereiro o trabalho de conclusão da Pós-graduação, orientado pela tutora mestre da Aupex/Uniasselvi Raquel da Silva Meneghelli. “A Yara fez um belíssimo trabalho e apresentação em seu TCC: O ensino da leitura para além da Língua Portuguesa. É uma ótima profissional”, elogia Raquel. 

A história brilhante que vem fazendo na área de educação poderia não existir se não fosse a boa vontade e a persistência da educadora. Yara não foi incentivada pela família a estudar. Ela foi retirada da escola, na época, pelos pais durante o ensino fundamental, quando ainda morava no Estado de São Paulo. 

A egressa da Aupex revela que sua criação era direcionada para que se tornasse dona de casa, sendo responsável pelas atividades domésticas. “Fiquei trancada em casa durante dois anos na adolescência, isolada do mundo”, comenta, justificando que era uma forma de ser repreendida pelos pais em função do comportamento na fase da adolescência. Embora a escola não fizesse mais parte da rotina, ela lia bastante em casa, incentivada pelos pais. E ainda completa: “Casei aos 18 anos e só consegui voltar a estudar depois de casada. Terminei o ensino médio no supletivo, pagando meus estudos”.

Ainda jovem, Yara, com dois filhos, teve de enfrentar e pagar o tratamento de saúde que seu marido precisou devido a uma grave doença. “Trabalhava na área administrativa e fazia outros trabalhos para conseguir ajudá-lo, além também de sustentar a casa. Iniciei a faculdade de Ciência Política, de Direito, mas as condições financeiras nunca me permitiram concluir os cursos. Fiquei viúva aos 28 anos”, relembra.

A faculdade de Letras em 2010, ela fez apoiada pelos filhos. Uma filha, hoje, é formada em Secretariado e cursa Pedagogia, seguindo os passos da mãe. O filho é graduado na área de Tecnologia. A educação sempre foi prioridade para Yara. Ela acrescenta que incentivou e ajudou dois sobrinhos também com a formação. “Fui professora deles no ensino fundamental, ambos passaram na seleção do Instituto Federal Catarinense (IFC) em Araquari, sendo que um concluiu o técnico em Guia de Turismo e outro está no serviço militar”, conta, orgulhosa.   

A educadora também leva em seu currículo os cargos de coordenadora do Fórum Municipal de Educação de São Francisco do Sul, membro do Conselho Municipal de Educação e do Conselho do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica) do município, participante em 2018 do GIEPPE – Grupo Interdisciplinar de Pesquisa e Práticas em Educação, e também é responsável por um projeto de leitura onde participam crianças e adultos chamado de Clube da Leitura. O projeto pode ser acessado na página do Facebook como a página Mar de Letras em https://www.facebook.com/mardasletras.sfs/ que mostra o trabalho da professora incentivando a leitura e os estudos. 

Em breve, Yara pretende dar mais um novo passo em sua carreira. “Pretendo fazer uma Pós-graduação em Gestão, Orientação e Supervisão Escolar na Aupex/Uniasselvi. Após o mestrado, além das aulas, meu objetivo é atuar com pesquisa e formações”, adianta.

Indagada sobre a carreira que conseguiu construir em menos de uma década na área de Educação, a nova mestranda acredita que suas conquistas e superações se devem ao seu otimismo. “Nunca adotei a postura de derrotada. Sempre corri atrás”, afirma. 

Notícias Relacionadas

Área do Aluno

Você é aluno de qual modalidade?