Semipresencial
Acesso do Aluno Início
GRADUAÇÃO (47) 3025-5077
PÓS-GRADUAÇÃO (47) 3025-5077
WHATSAPP (47) 99207-3417

Notícias

Pedagoga formada pela Aupex vence prêmio literário do Ministério da Cultura

Pedagoga formada pela Aupex vence prêmio literário do Ministério da Cultura
17/12/2018

A pedagoga formada pela Aupex/Uniasselvi, Laís Becher Costa, foi uma das  vencedoras do Prêmio de Incentivo à Publicação Literária, 200 Anos de Independência, lançado pelo Ministério da Cultura. Única catarinense entre os 25 premiados, Laís concorreu, inclusive, com escritores consagrados de todo o Brasil e vai receber R$ 40 mil pela obra literária Autonomia em Brado. O resultado foi lançado no Diário Oficial da União e no site do Ministério da Cultura em 28 de novembro e pode ser visto em https://bit.ly/2A2u4nw.

Autonomia em Brado é um livro de poesias que a novata escritora produziu em menos de um mês para atender os prazos do edital. “Foi uma obra difícil por se tratar de um tema muito peculiar: os 200 anos da Independência do Brasil. Escrevi 39 poesias de diferentes assuntos que fazem parte desta história como a escravidão, dizimação indígena, culinária, cultura do café, sobre os estados do Amazonas, Minas Gerais e Paraná, violência contra a mulher, entre outros”, relata.

Professora da escola municipal Professora Eladir Skibinski, Laís sempre teve vontade de ser escritora, mas afirma que não sabia por onde começar. Ao saber do concurso literário, viu uma oportunidade de colocar à prova as poesias que sempre escrevia como forma de escape. “Sempre li todos os tipos de gêneros literários, mas minha maior identificação sempre foi com a poesia. Gosto muito do Drummond mas, para este livro, minhas inspirações foram Clarice Lispector e Adélia Prado. Escrever poesias é uma forma de me esvaziar”, resume. 

Mesmo sabendo que concorreria com escritores renomados, Laís mantinha expectativas quanto ao resultado, sem esperar jamais que conquistaria a oitava posição. “O resultado final mostra o nome de escritores com uma carreira consolidada e uma comissão julgadora composta de estudiosos de literatura e escritores. Como eu, desconhecida, que nunca publiquei nada, poderia ter tamanho mérito?”, indaga. E completa: "É um sonho saber que conquistei o apoio do Ministério da Cultura".

Para a professora, a prioridade é buscar uma editora para lançar seu livro, divulgá-lo entre educadores e alunos nas escolas da rede, além de apresentar o TCC da Pós-graduação em Neuropsicopedagogia que realiza na Aupex/Uniasselvi. Laís também é pós-graduada pela instituição em Gestão Escolar, Orientação e Supervisão e está finalizando a especialização com a professora Raquel Elisa da Silva Meneghelli. 

A tutora Raquel aponta que Laís sempre se destacou na sala de aula pela aplicação, articulação e inteligência que coloca em seus trabalhos e argumentos. Para a professora da Aupex/Uniasselvi Luciane Stringari, que foi sua tutora na graduação em Pedagogia, a premiação é o resultado da dedicação e seriedade que a ex-aluna tem consigo em todas as atividades que desempenha. 

Laís relata que a metodologia a distância foi fundamental para sua formação e crescimento pessoal.  “Sempre fui autodidata e me sintonizei com o ensino a distância. Acredito que o aluno precisa de alguém que o conduza e o esclareça, mas o conhecimento que ele adquirir tem que vir do seu próprio esforço de buscar e estudar”, declara. 

Além de continuar escrevendo, Laís tem muitos planos. Pretende estudar Linguística, para aprimorar ainda mais a escrita, e iniciar um mestrado na área de educação. “Eu sou muito inquieta, gosto de me desafiar”, afirma a menina sonhadora que realizou seu sonho de ser professora e, agora, escritora. 

 

Comentários

Deixe seu Comentário


Voltar