Semipresencial
Acesso do Aluno Início
GRADUAÇÃO (47) 3025-5077
PÓS-GRADUAÇÃO (47) 3025-5077
WHATSAPP (47) 99207-3417

Notícias

Tutora da Aupex vai apresentar dois artigos no Congresso Nacional de Educação, em Curitiba

Tutora da Aupex vai apresentar dois artigos no Congresso Nacional de Educação, em Curitiba
28/08/2019

A professora do curso de Pedagogia da Aupex Uniasselvi, Dulcelina Da Luz Pinheiro Frasseto, vai apresentar dois artigos no XIV Congresso Nacional de Educação – EDUCERE, um dos eventos acadêmicos mais importantes do país. O Congresso será realizado na Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUCPR, em Curitiba, entre 16 a 19 de setembro de 2019.

Um dos artigos é o próprio TCC de Pós-graduação em Gestão Escolar que a professora fez na Aupex Uniasselvi sob o título de Gestão Democrática: um estudo de caso das escolas de Joinvile.  Segundo a orientadora, tutora e coordenadora de Pós-graduação da instituição, Raquel da Silva Meneghelli, o tema foi apresentado com tanta qualidade e clareza que foi pedido a Dulcelina que inscrevesse o artigo em congressos, justamente o que aconteceu. Já o outro artigo a ser apresentado
tem como titulo “A educação a distância no Ensino Médio: Desafios e Possibilidades”, nesse artigo é discutido a Resolução Nº 3, de 21 de novembro de 2018, que instituem as diretrizes para o Ensino Médio.

Próximo de apresentar sua tese de Doutorado, em fevereiro do próximo ano, pela PUC-PR, Dulcelina se divide em uma rotina corrida na qual pesquisa, escreve artigos, ministra aula na Aupex e trabalha como Consultora Educacional na Secretaria de Educação Estadual, cargo em que é concursada pela Secretaria Estadual de Educação desde 2005.

Atualmente, ela pediu licença do cargo da Secretaria Municipal de Educação onde é professora do Ensino Fundamental para poder concluir o Doutorado cujo título é “A Reforma do Ensino Médio pela Lei N. 13415/17”. A professora complementa que vem pesquisando muito sobre o histórico da legislação da Educação de outros países para poder comparar o Ensino Médio entre cada nação. “Esta reforma foi discutida durante muito tempo no Brasil, é polêmica, e vai ser implantada em 2020. O tema é um desafio e exige uma reflexão sobre o caminho que o Ensino Médio passará a obter no país”, destaca a Doutoranda que se apoia em escritores pós-modernos.

Embora tenha vasta experiência em sala de aula, ser professora universitária é algo mais recente para Dulcelina. Tutora de Pedagogia há dois anos pela Uniasselvi, ela declara que ama ensinar sobre a profissão de professor. “Eu adoro dar aula. É uma sensação de liberdade poder fazer o que gosto e tão necessário, que é construir conhecimentos. Em meu cargo de consultora, eu observava
dificuldade de alguns professores dentro da sala de aula e pensei em como mudar essa realidade. Foi isso que me fez buscar este desafio na academia. E eu digo aos acadêmicos: eles tem de ser bons porque passaram por mim”, brinca. Ela, contudo, não é de brincar na hora de ensinar. “Eu sou metódica e exigente. Levo para os alunos até um cronograma para eles estudarem diariamente”, revela.

Dulcelina começou sua carreira de professora aos 18 anos em sua cidade natal, Dois Vizinhos, no Paraná, alfabetizando moradores da região. Mudou-se para Joinville há 28 anos quando estava casada há dois anos e tinha um filho recém-nascido. A faculdade de Pedagogia veio no ano 2000 e, desde então, não parou mais de buscar formação continuada. Além de vários cursos de extensão, ela
tem mais uma Pós-graduação em Educação Infantil e outra em Coordenação Pedagógica pela UFSC e Mestrado em Educação pela Univille, com o tema da Dissertação: Ensino Fundamental de nove anos: análise da política em uso.

No ano passado, a professora foi aprovada para um processo seletivo pela Uniasselvi e escreveu um dos livros de Pós-graduação na área de Educação num tempo recorde de três meses. “Desenvolver este livro foi o ponto para eu descobrir que tinha capacidade de me tornar escritora”, afirma a professora. Diante da experiência bem sucedida, ela resolveu transformar algumas de suas pesquisas em dois livros, que serão lançados até o ano que vem.

Com o lema “eu sempre vou estudar enquanto puder”, a mestre adianta que deseja realizar um pós- Doutorado também para o próximo ano. Única mulher a concluir uma graduação numa família com nove irmãos, ela segue o que seu pai dizia. “A gente deve estudar para mudar a realidade das pessoas”, acredita.

Comentários

Deixe seu Comentário


Voltar